Sexta-feira, 22 de Dezembro de 2006

Sumo Natural de Teresa

 

Acabaste de ver o CSI e aconchegaste o edredão à volta do pescoço...

 

 

Estavas a pensar nas prendas de Natal que ainda querias encontrar, quando o Mundo dos Sonhos Te abriu o seu magnânime portal, enquanto Eu abria confiante uma das duas janelas do Teu quarto...

 

 

Sentiste o frio da atmosfera do quarto, estranhamente a intensificar-se, mas logo foste invadida pelo morno e revigorante sol de uma manhã de Primavera, que Te chegava através das longas montras da cafetaria "Balcão do Marquês", lá do outro lado do balcão!!!

 

 

Apercebeste-Te que estavas do lado de serviço, mesmo ao pé da máquina dos sumos de laranja... A cafetaria estava completamente vazia, à excepção de Mim, que estava sentado numa das poucas mesas do fundo!!!

 

 

Sem Te olhar, pedi alto e decidido um sumo de laranja natural, mas com sabor a Ti... Tu ficaste sem reacção, porque não entedias bem o pedido e apesar de Te fazerem o sumo à frente, quase todos os dias do ano, não fazias ideia de como o tirar... Para além disso, não eras empregada, nem estavas vestida como tal, apenas apareceras do lado de dentro do balcão !!!

 

 

Impaciente, levantei-Me e voei para cima do balcão, para logo ir pousar ao pé de Ti !!!

 

 

Como as palavras mágicas Te retiraram qualquer receio ou tabu, não Me temeste, dizendo-Me apenas, calma e em voz baixa,  que não sabias fazer sumos naturais com aquela máquina !!!

 

 

Aproximei-Me ainda mais de Ti e, quando já Me podias até cheirar, viste-Me a agarrar nas abas do Teu casaco preto, grosso mas cintado, para as segurar e abrir arrebatadoramente, fazendo até um ou dois botões saltarem !!!

 

 

Apoiaste as mãos para trás, nas prateleiras do balcão, de onde caíram alguns néctares e deixaste-Me apalpar-Te os seios todos por cima da camisa preta de seda que trazias, mas mal tiveste tempo para sentir que os mamilos se Te entesavam, porque Te arrebentei para os lados a camisa toda e apenas o delgado soutien evitava que os Teus seios saltassem todos cá para fora !!!

 

 

Mas balançavam tesamente, os Teus seios raptados do calor da roupa e semi-expostos ao fresco da cafetaria !!!

 

 

Peguei-Te nos ombros, por trás e , virei-Te e encostei-Te os seios ao plástico frio da máquina Sumosol !!! Depois, com uma mão a manter-Te assim, só com o soutien a sentir o volume sólido da máquina, levei a outra ao cesto das laranjas e fui-Te mostrando como se fazia um sumo de laranja natural...

 

 

Excitaste-Te especialmente quando, com uma mão atrás da nuca, Te obriguei a beijar, lamber e relamber repetidamente o plástico transparente da Sumosol, enquanto as laranjas lá dentro se contorciam e Nos ofereciam uma cascata sumarenta de vitaminas !!!

 

 

De repente tiveste de Te apoiar muito bem na Sumosol, porque sem Te dar tempo para perceberes o que vinha a seguir, já Te levantava a pesada saia, já Te repuxava ousadamente as cuequinhas, todas molhadas, pelas pernas abaixo e, sem aviso Te metia o Meu Sexo férreo e quente, pela Tua vagina acima!!!

 

 

Quando Tu Te apercebeste que estavas já a ser vigorosamente penetrada, ficaste possessa e arrancaste o Teu próprio soutien, atirando-Te de seios nus Conta a Sumosol, enquanto comprimias as coxas para Me dificultar a Vida e sentires mais Prazer !!!

 

 

Segurei-Te a cintura firmemente e cheiraste-Me a pele ao mesmo tempo que Te cheirava a sumo de laranja natural, que Eu fiz escorrer pelas Tuas Costas abaixo, até o sentires frio no fundo das costas e na fenda entre as nádega, até quase notares que o dito sumo se ia meter, juntamente com a Minha diabólica erecção, mesmo até à Tua alma...

 

 

Teresa Andrade, ó Minha querida Teresa, já ninguém saberia dizer, pela forma como Te começaste a enterrar em Mim, se era Eu que fodia o corpo ou se era o Teu corpo que Me estava a foder de alto abaixo !!!

 

 

Surpreendentemente, começaste a vir-Te sem o mínimo aviso, possivelmente pela excitação que toda aquela situação, inédita e descontrolada, Te conseguira imprimi, pelo que Te esborrachei ainda mais os seios na Sumosol e Te comecei a pentrar avidamente, excitado por Te ver toda empinada, de botas, essas botas lindas,  com as cuequinhas pelos tornozelos e com a saia toda levantada, a mostrar-Me as Tuas maravilhosa nádegas, que se apertavam com perfeição, com o Meu incontrolável Sexo, louco e escaldante de teso por entre Elas...

 

 

E vieste-Te, Teresa, vieste-Te em ondas longas e impiedosas, que faziam de Ti o que queriam, até quase Te doer o corpo todo e quase desfaleceres de inacabáveis tremores de orgasmo compulsivo !!!

 

 

Foi um só orgasmo o que Te invadiu, mas o que maior gozo Me deu foi o quanto demorou e o quanto Te consumiu, por entre os mil rios de sumo natural de laranja que se perdiam pelos Teus escaldantes contornos abaixo !!!

 

 

Meio zonza, foste novamente vestida por Mim, sem troca de palavras, em gestos de paz e aromas de sumo de laranja natural !!!

 

 

Adorei espremer-Te de Prazer Teresa, foste muito Minha, consumidamente Minha, mesmo ali contra a Tua querida e diária Sumosol-Milenium...

 

 


Encantado por... Lisboa Dom às 22:04
link do post | Confessa-Te !!! | favorito

. Perfil do Vampiro Sexual

.

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
24
25
26

27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Últimas Noites !!!

. Londres - NOVO BLOG

. LONDRES EM ABRIL

. bondagemaster@hotmail.co....

. OFERTA DE INAUGURAÇÃO - N...

. Inauguração a 20 de Julho...

. Bondage Lisboa - Fetiches

. Imagens e Vídeos no Bonda...

. Actualização do Bondage L...

. Regista-te no www.bondage...

. www.bondagelisboa.com

.Outras Noites !!!

. Janeiro 2008

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Maio 2006

.tags

. todas as tags

.

SAPO Blogs

.subscrever feeds